Sengstaken-Blakemore: O Balão Esofágico

O Balão Esofágico (Sengstaken-Blakemore), é alternativa eficaz de tratamento paliativo em vigência da hemorragia digestiva massiva por varizes de esôfago, com finalidade de promover a hemostasia momentânea, por curto período de tempo (menor que 24horas devido o risco de isquemia da mucosa) e como uma ponte para tratamento definitivo (medicamentoso, endoscópico ou cirúrgico). O tamponamento com balão controla a hemorragia das varizes esôfago-gástricas em 70 a 90% dos pacientes.

O serviço de enfermagem deve ser treinado, especialmente para esse tipo de trabalho. São necessários conhecimentos específicos de acidentes e complicações dos procedimentos.

Contamos atualmente, com centenas de tipos de acessórios para dezenas de aparelhos diferentes. É necessário saber manusear, identificar cada item do equipamento, desmontá-lo quando necessário e providenciar reparos e ajustes.

A assistência de enfermagem consiste em:
-Monitorização cardiaca
-Avaliação Neurologica
-Controle dos Sinais Vitais
-Controle Hídrico
-Controle do débito da sonda gástrica
-Observar episódios de hemantemese, melena, enterorragia ou hematoquezia
-Realização de enema e/ou enteroclismas
-Medidas gerais de higiene
-Preparo para exames radiologicos e endoscópicos
-Preparo para cirurgias

As hemorragias digestivas alta e baixa é uma emergência comum, com expressivas taxas de morbidade e mortalidade. Pode se manifestar como: hematêmese, melena, enterorragia, sangramento oculto (diagnosticado apenas com pesquisa laboratorial) ou em sintomas ou sinais de perda sanguínea (sincope, dispnéia, angina, anemia persistente).

Estão associadas muitas vezes ao estilo de vida como: tabagismo, alimentação e também por causas desconhecidas.

A enfermagem deve ficar atenta aos pacientes antes, durante e após os procedimento realizados para conter as hemorragias, para que o mesmo tenha um tratamento eficaz e uma boa recuperação.

É importante que a enfermagem atue de forma a esclarecer acerca dos procedimentos realizados, pois os pacientes mesmos são carentes de informação e em muitas os procedimentos são desagradáveis e agressivos, necessitando portanto de alguém que dê apoio emocional e orientação.

#compartilheconhecimento

balaoesofagico.png

Anúncios