Livedo Reticular (LR)

Livedo Reticular

Você já deve ter visto em algum momento um paciente com estas características na pele. Lembrando vagamente como se fosse uma textura “marmorizada”, com coloração levemente avermelhada e puxado mais para o arroxeado,  é uma alteração da coloração da pele caracterizada por cianose em forma de placas, circundada por áreas de palidez. Quando muito intenso, a pele adquire o aspecto de mármore e recebe a denominação de “cutis marmorata.” ou Livedo Reticular.

O Livedo Reticular ocorre por uma contração das arteríolas causada tanto pelo frio quanto por doenças orgânicas e possui grande influência da temperatura ambiente, aumentando com o frio e diminuindo como calor. A manifestação ocorre em 1 a 5% das pessoas sadias, em especial idosas. Atinge principalmente as extremidades dos membros, como antebraços, pernas, coxas e pés. Em geral, é discreta nos meses quentes e acentuada nos meses frios, uma vez que, nessa época, ocorre maior contração das arteríolas para manter o calor do corpo.

Embora existam pacientes nos quais a causa de livedo reticular é desconhecida, sendo considerado doença idiopática, o livedo reticular pode ser manifestação de doença secundária como: lúpus eritematoso sistêmico, poliarterite nodosa, doenças da tireóide, e a síndrome do anticorpo antifosfolípide, entre outras doenças.

Anúncios