O IAM e o Clexane

Marcado: ,

Este tópico contém resposta, possui 2 vozes e foi atualizado pela última vez por  Christiane Ribeiro 3 semanas, 1 dia atrás.

  • Autor
    Posts
  • #16880

    Guilherme Alves
    Participante
    Ponto(s): 574

    Gostaria de saber qual é a função do clexane em um IAM?

  • #16933

    Christiane Ribeiro
    Mestre
    Ponto(s): 1,033

    Olá!

    Devemos entender que o Clexane é uma Heparina de Baixo Peso Molecular (HBPM), onde diminui o risco de desenvolvimento de uma trombose venosa profunda e sua consequência mais grave, a embolia pulmonar.

    Em associação com o AAS (Ácido Acetilsalicílico), exerce uma peça fundamental no tratamento das SCAs (Síndrome Coronariana Aguda), como o IAMSEST e o IAMCEST, que nada mais correspondem à Infarto Agudo do Miocardio Com Elevação do segmento ST e Infarto Agudo do Miocárdio Sem Elevação do segmento ST. 

    O AAS também é importante ao tratamento de um IAM. Ele é um Antiagregante Plaquetário, onde tem como principal função de inibir irreversivelmente a COX (Enzima Ciclooxigenase) e a produção de TXA-A2 (tromboxano), impedindo a agregração plaquetária, a reoclusão coronária e a recorrência de eventos após a terapia fibrinolítica.

    O Clexane é bastante indicado nos casos de IAM, que nada mais é a morte (necrose) de parte do músculo cardíaco por falta de aporte adequado de nutrientes e oxigênio) com elevação do segmento ST, incluindo pacientes a serem tratados clinicamente ou com subsequente intervenção coronariana percutânea (cateterismo cardíaco).

    No caso de IAM sem elevação de ST, o Clexane é administrado concomitantemente ao ácido acetilsalicílico (AAS).

    Espero ter ajudado!

Você deve fazer login para responder a este tópico.