Entendendo a Monitorização Multiparâmetros

MONITORIZACAO

Bom! Primeiramente, em um ambiente de UTI como também em um Centro Cirúrgico, esse é o mais importante e também o procedimento obrigatório em uma admissão. É através da monitorização multiparâmetros, que iremos estudar mais sobre o paciente em que ali se encontra, como o paciente está hemodinamicamente no momento.

Diferenças entre Monitor Cardíaco e Multiparâmetros

Monitor cardíaco tem a função somente de apresentar a frequência cardíaca e o traçado de eletro no monitor. É bastante utilizado em transporte de paciente de um setor ao outro, realizar exame de eletrocardiograma. Há também para a área de esportes por exemplo, esses relógios que mostram os batimentos cardíacos, não deixa de ser uma monitorização cardíaca.

Monitorização multiparâmetros, é um monitor mais amplo, no qual mostra em tempo real a frequência cardíaca com o traçado de eletrocardiograma, saturação de O2, capnografia, Pressão arterial (Não invasiva ou invasiva), temperatura em tempo real (dependendo da marca do monitor), poderá também configurar para PVC em tempo real, e também, a frequência respiratória do paciente em tempo real.

instramed-interface20inmax20color

Exemplo de uma tela de monitor Multiparâmetros. (Vemos no traçado verde onde demonstra a FC, traçado azul escuro onde demonstra o nível de oxigênio no sangue do paciente, traçado roxo onde demonstra a pressão arterial invasiva do paciente, traçado azul claro onde demonstra a capnografia, e o traçado branco onde demonstra a RPM do paciente).

O monitor pode ser configurado por toda equipe de enfermagem intensiva e médica. É atribuição do técnico de enfermagem entender as funções deste monitor, para configurar, instalar os acessórios e alterar os parâmetros conforme a necessidade do  paciente que está no leito.

Além do monitor em si, há entradas para os acessórios conforme a necessidade.

Multi-Parameter-Patient-Monito

Conforme a ilustração acima, os itens mais importantes no qual precisa estar configurado pronto para uso são : O cabo de eletrocardiograma, no qual contem 5 pequenos fios com identificação de cores e eletrodos descartáveis, o cabo para mensuração de temperatura (nota-se quem nem todos os monitores possuem essa opção), o cabo e a braçadeira para a Pressão Arterial não invasiva (PANI), o cabo de oximetria (onde possui o dedal para encaixar no paciente).

Conforme a necessidade hemodinâmica do paciente, o técnico de enfermagem pode configurar os alarmes do monitor. É indicado para os seguintes casos:

– Acelerações ou desacelerações da frequência cardíaca.
– Picos hipertensivos ou hipotensão.
– Queda da saturação de oxigênio no sangue.

Importante: Qualquer alteração citado acima comunique imediatamente ao médico.

 

 

Anúncios