Agulha: Os Tipos e Indicações

Agulhas: Tipos e Indicações

As agulhas são amplamente utilizadas na rotina de trabalho da equipe de enfermagem.

Porém, para evitarmos erros na sua utilização, assim como a minimização de custos, devemos ter um completo conhecimento do seu material, suas partes e as suas devidas indicações.

São diversos os modelos e tamanhos encontrados no mercado nacional e mundial, então procurei destacar aqui as mais utilizadas.

Componentes da Agulha

Primeiramente deve-se entender os componentes básicos de uma agulha, que são:

  • O canhão, onde é a parte mais larga da agulha;
  • A haste, que é a porção maior e mais fina;
  • E bisel, que é ponta com óstio em diagonal.

As cores e suas indicações

  • Rosa: São utilizadas para preparo e aspiração de medicações;
  • Roxo: É utilizada para aspiração e aplicação de medicações administradas vias intramuscular, subcutânea e intravascular;
  • Verde Água: é utilizada para aplicação de soluções em diferentes vias injetáveis de administração;
  • Amarelo: É utilizada para aplicação de soluções subcutâneas  geralmente na pediatria;
  • Marrom: É utilizada para aplicação de soluções intradérmicas e subcutâneas em adultos;
  • Azul: É utilizada para aplicação de soluções subcutâneas e endovenosas;
  • Cinza Escuro: É bastante utilizada para a aplicação de soluções intramusculares e endovenosas em adultos;
  • Verde: É utilizada para a aplicação de soluções intramusculares, geralmente em adultos.

Cores Conforme os Calibres:

Rosa: 40X12 e 40×10;
Roxo: 20X0,55;
Verde água: 25X0,80;
Amarelo:  13X0,30;
Marrom: 13X4,5 e 13X4;
Azul: 25X0,6;
Cinza Escuro: 30X7 e 25X7;
Verde: 30X8 e 25X8.

Veja também:

Angulações de Injeções e seus Tipos

Seringas: Tipos e Indicações

Comentários
Anúncios