A Regra de Três na Enfermagem

Saber cálculo de medicação e solução é primordial para uma boa prova de concurso na área da enfermagem, uma vez que esta deve ser uma das competências do bom profissional técnico ou  enfermeiro.

A maioria dos cálculos de medicações presentes em provas ou exercícios podem ser resolvida através da Regra de Três! E pode ter certeza, que esse assunto cai nas provas!

Mas… O que é a Regra de Três?

A regra de três simples é um processo prático para resolver problemas de razão e proporção, que envolvam quatro valores dos quais conhecemos três. Ou seja, iremos descobrir o quarto valor a partir dos três que a questão nos dá!

ATENÇÃO: A regra de três, serve para relacionar grandezas proporcionais! Ou seja, se a questão lhe trouxer duas grandezas, você precisará converter.

Alguns termos que preciso saber são:

  • A concentração que tenho (em mg);
  • O Volume que tenho (em ml);
  • A concentração que o médico pede (em mg);
  • E o volume que preciso para esta diluição (em ml).

Três erros comuns na regra de três

  • Primeiro erro: não interpretar corretamente o texto do problema. Esse é, sem dúvida, o erro mais frequente em todos as resoluções incorretas de exercícios. É muito comum que as pessoas encontrem (muitas vezes, de forma correta) o valor de x sem sequer ter lido o texto da questão, que, inclusive, não estava pedindo o valor de x.
  • Segundo erro: não observar se as grandezas são direta ou indiretamente proporcionais.
  • Terceiro erro: não seguir a ordem correta da proporção. Para toda proporção, existe uma ordem em que as medidas devem ser colocadas que deve ser seguida à risca.

Montando os Cálculos

Para montar os cálculos devemos sempre nos atentar as relações, CONCENTRAÇÃO X VOLUME, e VOLUME X TEMPO.

Regra de Três

Exercícios

Regra de Três

Regra de Três

 

 

Comentários