dicas

10 dicas para profissionais da enfermagem do plantão noturno

Você trabalha à noite? Não estás sozinha! Os plantões noturnos funcionam melhor para muitos profissionais de enfermagem, e oferecem uma experiência única tanto no setor quanto fora dele. É sempre positivo criar vínculos com outros profissionais que estejam na mesma linha. Então, dê uma olhada nas 10 dicas do ScrubsGallery.com para se manter saudável e se adaptar ao trabalho quando estiver trabalhando no plantão da noite.

Se você está programado para trabalhar no plantão da noite seja como auxiliar, técnico ou  enfermeiro, é melhor você começar a poupar sono e se preparar para longas noites que vão alternar entre ser terrivelmente chato, tremendamente ocupado, ou sem nenhum motivo aparente. Ao contrário do plantão diurno em hospitais e clínicas médicas, o plantão da noite frequentemente vê um fluxo de tráfego menos constante, embora as coisas possam ficar realmente confusas e agitadas caso ocorra uma emergência durante a noite. Abaixo, leia 10 dicas que podem ser úteis para você enquanto se prepara para a rotina do plantão da noite, para que você não fique sobrecarregado, seja por trocas de plantão do dia/noite, ou por estar iniciando em um novo trabalho.

1. Evitar café (na maioria das vezes)

Uma das piores formas de se preparar para o seu plantão, é confiar demais nas xícaras de café para manter-se acordado e alerta. Beber muito café no início do plantão pode ajudá-lo a se sentir energizado durante o início do plantão, mas você se sentirá ausente poucas horas depois e, eventualmente, não conseguirá ficar alerta, independentemente das xícaras de café que beber. Se você precisar de café, experimente uma xícara em seu plantão quando não puder mais continuar sem toma-la, para uma ajuda de última hora e para aumentar a capacidade de alerta. Dessa forma, você não sentirá a queda do café até que seu plantão termine.

2. Esteja preparado para o inesperado

Quando você trabalha regularmente no plantão diurno, pode esperar um fluxo constante de pacientes, ou pelo menos conhecer os fluxos e refluxos do tráfego típico da clínica ou do hospital. À noite, muitas vezes é mais difícil manter uma rotina, ou seja, porque pode haver longos períodos em que nada está acontecendo, e ser interrompido por uma grave emergência do nada. Por estar sempre preparado para um evento inesperado, você não terá que se preparar tão duro se de repente precisar de ajuda durante uma emergência às 3h30.

3. Conheça seus aliados

As equipes do plantão noturno nos hospitais são conhecidas por serem bastante unidas, provavelmente como uma resposta à falta de acontecimentos urgentes a cada dois minutos, permitindo que enfermeiras, médicos e outros funcionários se conheçam melhor. Os plantões noturnos podem ser difíceis de serem atendidos, especialmente se você for uma pessoa que trabalha em plantões de 24 horas, então saber com quem você pode confiar durante esses longos períodos, pode ser uma grande vantagem para você a longo prazo.

4. Solicitar o plantão do dia sempre que disponível

Alguns profissionais da enfermagem que trabalham apenas no plantão da noite reclamam de ter seu ímpeto de carreira parado, particularmente aqueles que estavam subindo rapidamente quando trabalhavam no plantão do dia. Isso tem menos a ver com o desempenho no trabalho daqueles que trabalham no plantão da noite e mais com a grande vantagem de trabalhar durante o dia, que é o aspecto da rede. A maioria dos altos escalões do hospital ou da clínica estará no trabalho apenas durante o dia na maior parte do tempo, o que significa que eles vão interagir principalmente com os profissionais do plantão diurno por rotina. Se você está lutando para ser notado e trabalhar apenas com horas noturnas no momento, considere adicionar algumas horas do plantão diurno também, se disponíveis, para aumentar sua visibilidade para aqueles que podem ajudá-lo a avançar em sua carreira.

5. Iluminação Adequada

Deixe o ambiente com a luz mais amena possível, para que seus pacientes possam descansar o suficiente e dando espaço para que você possa trabalhar e conseguir enxergar o que está fazendo durante o seu plantão, caso trabalhe em um setor fechado.

6. Coma bem (e leve um lanche)

Você vai querer ter certeza de comer uma refeição completa antes de começar seu plantão. Se você dormir até o início do seu plantão da noite, tente comer o que significaria um café da manhã típico antes de começar a trabalhar, para ajudá-lo a começar o plantão de maneira correta. Se, em vez disso, você dormir logo após o plantão, tente comer algo mais parecido com um almoço ou jantar tardio . Dessa forma, você ajudará a normalizar sua rotina de plantão noturno e manterá as dores da fome à distância também. Se você só consegue comer uma pequena quantidade antes do trabalho, porque você não está acostumado a comer em horas incomuns ainda, certifique-se de trazer um lanche junto com você. Você pode não estar com fome logo antes do trabalho, mas você pode precisar de um estimulante durante seu plantão para manter sua atenção onde precisa estar.

7. Tome seu tempo

Durante o plantão diurno, você pode ter que esperar no trânsito por uma hora ou mais para chegar ao trabalho. O plantão da noite não tem problemas de trânsito, por isso não se apresse tanto em sair para o hospital ou para a clínica horas antes de você precisar estar lá. Porém, quanto mais você tratar seu plantão da noite como um plantão do dia, mais normalizada sua rotina se tornará, e você será capaz de maximizar seu tempo livre com mais habilidade.

8. Tenha um “despertador”

Se você é o tipo de pessoa que tende a cochilar acidentalmente durante a noite quando as coisas ficam lentas, você pode precisar de um “despertador” para mantê-lo em alerta e dentro do cronograma. Defina o seu telefone celular para tocar a cada quinze minutos, se isso ajudar a acordar caso você acidentalmente adormeça durante intervalos.

9. Seja honesto consigo mesmo e com os outros

Nem todo mundo é preparado para trabalhar no plantão da noite, e se trabalhar longas horas da noite para o dia está começando a impedir sua capacidade de desempenho eficaz, você precisa ser honesto consigo mesmo e com seu supervisor. Para o bem do seu próprio bem-estar, bem como o bem-estar dos pacientes que chegam, você precisa saber quando não consegue administrar alguma coisa.

10. Ajuste-se à sua rotina

Pode ser difícil adaptar-se à cenários que você não conhece atualmente. Às vezes, há frequentadores que entram no hospital à noite com condições peculiares, outros não.  Há muito à que se esperar no plantão da noite, então aguente firme no começo dessa nova rotina, e faça ajustes na sua rotina e na sua abordagem conforme for progredindo. Eventualmente, você se ajustará muito bem, e estará pronto e esperando por qualquer problema que possa aparecer durante as primeiras horas do horário do hospital ou da clínica.

Fonte: https://scrubsmag.com/

Comentários
Anúncios

Categorias:dicas

Marcado como:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.