dicas

Profissionais de Enfermagem: Conheça os maiores possíveis erros no cuidado de enfermagem, e saiba como evitá-los!

Profissionais de Enfermagem

Os profissionais de enfermagem desempenham o maior papel no atendimento ao paciente. Sua esmagadora carga de trabalho pode, às vezes, levar a erros que, em alguns casos, são irreversíveis ou mesmo fatais.

Por outro lado, a maioria desses erros é evitável, especialmente se a equipe de enfermagem tomar as precauções necessárias.

A seguir estão os principais erros de no cuidado de enfermagem e como evitá-los:

 

Erros na Administração de medicamentos

Este é o erro mais comum cometido pelos profissionais. De fato, uma pesquisa feita por uma escola de enfermagem da Universidade de São Paulo, feito em cinco hospitais públicos e analisou a administração de cerca de cinco mil doses de medicação. Os cientistas detectaram erros em 30% dos casos. A pesquisa mostra que 77,3% dos enganos são relativos ao horário da administração dos medicamentos – ou seja, dados pelo menos 60 minutos antes ou depois da hora certa. Embora pareça não ter gravidade, trata-se de um equívoco com consequências sérias. O estudo verificou ainda que os erros de dosagem correspondem a 14,4% dos casos, seguidos de trocas na via de administração (6,1%), medicamento não autorizado (1,7%) e troca de paciente (0,5%).

Ao dar medicamentos, os profissionais de enfermagem devem lembrar-se do protocolo de Segurança de Medicamentos Os nove “certos” da administração de medicamentos e mantê-los sempre em mente: O paciente certo, O Medicamento certo, A Via certa, A hora certa, A dose certa, O registro correto da administração de medicamento, A orientação correta, A forma certa, e a resposta certa.

Uma das principais causas de erros de medicação é a distração. Certifique-se de que você tenha poucas distrações, e evite falar durante o preparo e a administração dos medicamentos. Além disso, não hesite em tirar dúvidas sobre o medicamento antes de ser preparado e administrado caso não conheça o fármaco, e lembre-se de sempre checar novamente se o medicamento administrado é o mesmo que está prescrito, e checar logo após administrado a prescrição médica e assinar + relatar, e fazer a dupla checagem com o colega em caso de medicações de alta vigilância, as MAVS.

A Queda do Paciente

Estima-se que um em cada três adultos com 65 anos ou mais cai todos os anos. As quedas não só contribuem para muitos efeitos fisiológicos, mas também traumatizam os pacientes e os deixam ansiosos e apreensivos.

Como profissionais de enfermagem, podemos proteger nossos pacientes de quedas incentivando-os a pedir ajuda ao sair da cama, conhecendo as atividades dos pacientes, verificando-os com frequência e utilizando medidas de proteção, como meias antideslizantes ou alarmes de leitos, e grades elevadas nos leitos.

As Infecções

A higiene das mãos é uma das práticas mais importantes que os profissionais de enfermagem nunca devem deixar de serem praticadas, pois também é imensamente importante para prevenir infecções.

Sempre desinfete ou esterilize o equipamento após o uso. Lembre-se de praticar a técnica asséptica e de limpar corretamente o equipamento de maneira oportuna, para evitar a possível disseminação da infecção o mais cedo possível.

Os Erros de Documentações nos Prontuários

Tenha em mente que em nossa profissão, se não foi relatado, nunca aconteceu.

Às vezes, essa tarefa é bem difícil porque os profissionais de enfermagem têm muitas outras coisas para fazer além de escrever anotações e documentar todos os eventos que aconteceram durante o turno.

Mas lembre-se: se um paciente contrai uma lesão, isso pode revelar negligência com base na falta de documentação.

Para evitar esse erro comum, certifique-se de monitorar seus pacientes regularmente e documentar todas as intervenções realizadas, incluindo o horário correto. Além disso, relate eventos incomuns ao supervisor ou ao gerente de enfermagem e providencie para que você esteja documentando o paciente correto.

A Mecânica Corporal

Isso é comum especialmente para os profissionais de enfermagem que estão ansiosos para experimentar tudo na primeira semana. Todo profissional de enfermagem deve conhecer as formas corretas e adequadas de transferir, transportar ou transportar pacientes de um lugar para outro. Um grande erro não só irá prejudicá-lo, mas também colocará em risco a vida do paciente.

Tenha em mente que você tem que levantar com as pernas e nunca com as costas. Você também deve sempre pedir a alguém para ajudá-lo. Faça tudo devagar mas com segurança. Embora demore um pouco mais para terminar, pelo menos você não terá problemas futuros ortopédicos.

O Cuidado com os Equipamentos e Dispositivos

Uma unidade de atendimento ao paciente deve ser mantido constantemente seguro e, como profissionais de enfermagem, é nossa responsabilidade estar bem informados sobre as mudanças de qualquer equipamento que temos.

Esteja sempre atualizado e treinado o suficiente para utilizar o equipamento necessário. Para evitar quebras e mau funcionamento, certifique-se de que todos os equipamentos foram examinados adequadamente e os use somente como sugerido.

A Falha na Priorização

Através da experiência, aprendemos, praticamos e desenvolvemos como priorizar tarefas. Os profissionais de enfermagem nunca devem trabalhar sozinhos, pois a enfermagem deve sempre exercer em função da colaboração.

Se você não tem certeza de certas coisas, pergunte, e quaisquer tarefas que demanda ajuda de mais de uma pessoa, sempre peça ajuda. Fazer tudo sozinho pode levar a certas conseqüências que às vezes são fatais. Lembre-se, nenhum profissional de enfermagem é uma ilha.

Nós somos seres humanos como todos os outros. Nós podemos cometer erros de vez em quando e sempre aprender coisas novas ao longo do caminho.

Mas erros como esses são muito evitáveis, desde que tenhamos cuidado e saibamos o que estamos fazendo.

Espero que este post lhe ajude a salvar vidas todos os dias!

 

Anúncios

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.