dicas

Tome Cuidado! Conheça os 5 erros mais comuns que possam acontecer aos novos profissionais de Enfermagem

5errosnovos

Embora nem todos os erros possam causar danos aos nossos pacientes , a maioria deles é excelente fonte de constrangimento. Certamente, você provavelmente vai rir de si mesmo por direcionar alguns dados de um paciente a um médico errado, por exemplo.

Se você é um profissional novo na enfermagem, mas não se engane, até com os veteranos acontecem, provavelmente você pode encontrar algo em comum com esta publicação e achar “engraçado”, e aprender que estes cinco erros comuns, que todos nós tendemos a cometer como iniciantes na carreira de enfermagem.

1. Chamando um paciente pelo nome errado!

Este é um dos erros mais comuns, ainda que fatais, que os novos profissionais de enfermagem cometem. Embora não haja nada prejudicial ao abordar o paciente com o nome errado ao falar com ele, é uma história completamente diferente quando se trata de dar medicamentos. Você pode acabar dando os medicamentos errados na hora, via e freqüência erradas.

Dica:  Para evitar erros de medicação, é essencial que você conheça o básico na Segurança na Administração de Medicamentos e os Dez Passos para a Segurança do Paciente. Sempre antes de começar qualquer procedimento, pergunte ao paciente o seu nome e verifique-o em a sua pulseira de identificação e seu prontuário. Mesmo se você estiver ciente de quem é o paciente, sempre verifique novamente.

2. Atualizar as informações de um paciente ao médico sem a informação completa em questão.

“Lembro-me da primeira vez que liguei para o médico assistente de um dos meus pacientes. Era tão perturbador que eu literalmente tive que ensaiar o que vou dizer antes de ligar para o número dele. Quando ele finalmente atendeu, eu nem consegui responder sua primeira pergunta porque eu esqueci o resultado do hemograma com o qual eu deveria atualizá-lo “, disse um profissional de enfermagem novato.

Dica:  Se você vai ligar para um médico, tenha em mãos os nomes dos pacientes que na qual está sob seus cuidados e todos os resultados de laboratório e de imagem necessários. Isto é particularmente importante se você vai ligar para o médico a qualquer hora do dia. Antes de fazer essa chamada, prepare-se com as conclusões da avaliação. Acredite em mim.

3. Cometer um erro na administração de um medicamento.

Neste ponto, quase todos (um número significante), profissionais de enfermagem cometem um erro de medicação alguma vez em sua jornada profissional. Embora alguns tenham conseguido cometer estes erros antes de causar danos a seus pacientes, existem alguns casos que resultaram em danos letais.

“Teve uma vez que pendurei uma medicação no suporte de soro, instalei no paciente, mas esqueci de abrir o clampe para a infusão da medicação. Esqueci de realizar a contagem de gotejamento, e a minha enfermeira observou isso e me orientou. E nunca mais esqueci disso então!” Comenta um profissional de enfermagem.

Dica:  Há muitas maneiras de evitar erros de medicação. Se você comete um, no entanto, é essencial que você evite encobrir isso. Assuma a responsabilidade de informar a sua equipe, sua enfermeira e o médico para garantir a segurança do paciente.

4. Não conhecendo o suficiente  a patologia do paciente.

Na maioria das vezes, pacientes e acompanhantes se sentem intimidados e tímidos que eles tendem a perguntar à equipe de enfermagem que eles querem que seus médicos respondam. Se você passar por isso, esteja preparado para dar uma resposta honesta. Se você não tiver certeza sobre isso, fale educadamente para abordar a pergunta ao médico, ou que você irá reunir mais informações e você poderá tirar algumas dúvidas deles em breve. Mas evite falar o desnecessário, assim causando impacto negativo de certas informações que somente o médico possa responder.

O paciente geralmente pergunta ao profissional de enfermagem sobre a medicação que está tomando. Se você não está seguro de informar sobre um medicamento específico que está sendo administrado no seu paciente, há uma boa chance deles não confiarem em seu trabalho.

Dica:  Sempre fique atualizado com o bulário de medicações! É notável quando o profissional saiba exatamente o que está infundido no paciente, assim, evitando falar ao paciente e até o acompanhante que não sabe o que está administrando. É importante que o profissional de enfermagem conheça a posologia, a apresentação, a interação medicamentosa dos fármacos mais usados em seu setor.

5. De não fazer perguntas quando necessário.

Sendo um novo profissional de enfermagem, é comum sentir-se intimidado e tímido, particularmente se você está trabalhando de perto dos mais velhos. Infelizmente, esse comportamento muitas vezes leva ao porquê profissionais de enfermagem cometem erros sem saber.

“Uma vez recebi uma orientação para aplicar uma certa pomada ao paciente, três vezes ao dia. O pedido parecia incompleto para mim, pois o médico não me falou para que seria a função da mesma, mas eu estava com muito medo e vergonha de perguntar ao médico, pois ele poderia pensar que eu era um profissional incompetente. Sendo novo na equipe, também não gostaria de criar uma má impressão. Acabei por omitir o tratamento e não fazer o que foi pedido “, admitiu um profissional de enfermagem de uma enfermaria.

Dica:  Pergunte sempre! Se você não tem certeza sobre alguma coisa, pergunte! Não seja um orgulhoso! Se um pedido parece estranho, esclareça antes de realizar alguma coisa! E se for a primeira vez que estiver administrando algo, procure ajuda. O profissionais veteranos de hoje não conseguiram seus conhecimentos e habilidades do nada. Eles conseguiram isso de outros profissionais mais experientes que estavam lá quando ainda eram novos como você.

Anúncios

3 respostas »

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.