Conceitos

Você conhece o Código de Ética da Enfermagem?

A Enfermagem desempenha um papel vital na saúde e nas organizações médicas. Eles prestam cuidados diretos aos pacientes com necessidade em hospitais, centros comunitários, consultórios médicos, asilos e escolas.

O trabalho de um profissional da enfermagem exige uma natureza bondosa, mas acima de tudo, deve respeitar um código de conduta profissional. O código de conduta profissional da enfermagem incentiva que a prática proporcione um tratamento justo, seguro e ético para todos os pacientes.

O código de ética surgiu pela Assembléia Geral das Nações Unidas em 1948 e em 1949 foi adotado pela convenção de Genebra da Cruz Vermelha e passou por muitas outras conferências, sofreu uma reformulação em Tóquio em 1975 e no Brasil uma resolução em 1976 do CNS.

Em 1996 o código foi reformulado pelo Ministério da saúde. E atualmente vigora o código reformulado que entrou a partir de 2007. Essa trajetória de reformulação foi coordenada pelo Conselho Federal de Enfermagem o (COFEN), com a participação dos Conselhos Regionais de Enfermagem (COREN).

Compromisso de respeitar

O código de ética da enfermagem estipula que todos os profissionais devem tratar os pacientes com dignidade, respeito e compaixão, independentemente da natureza de sua condição de saúde, situação econômica, sexo, raça ou atributos pessoais. O código impõe estritamente que todos os pacientes merecem a dignidade e os direitos dos seres humanos e, portanto, não devem ser discriminados por qualquer motivo enquanto estiverem sob os cuidados de um profissional de enfermagem.

Completa assistência ao paciente

A responsabilidade exclusiva do profissional é proporcionar o melhor atendimento para seus pacientes. O código de ética suporta essa responsabilidade e reforça que o compromisso principal de um profissional da enfermagem é para com o paciente, sua família e a comunidade. Em primeiro lugar, isso significa que um profissional deve respeitar os desejos do paciente ao compilar os planos de assistência médica, mesmo quando coloca um conflito de interesse pessoal. Assim como o cliente é a primeira prioridade em uma loja de varejo, os pacientes vêm em primeiro lugar em um ambiente médico.

Direito à privacidade

Não só as leis de privacidade médicas protegem o direito do paciente à privacidade, mas o mesmo acontece com código de ética da enfermagem. Todos os profissionais têm o dever de manter a confidencialidade de cada paciente, seu tratamento e planos de saúde para proteger a confiança fundamental que deve haver entre um paciente e seu profissional de enfermagem. De acordo com o código, apenas os dados relevantes para o cuidado do paciente devem ser divulgado para a equipe médica e a família do paciente.

Responsabilidade profissional e individual

A vida de alguém está regularmente nas mãos de um profissional da enfermagem. O código de ética da enfermagem estipula que os profissionais suportem a responsabilidade exclusiva para com os cuidados que os pacientes recebem. Assumir a responsabilidade profissional e individual pela assistência ao paciente inclui a manutenção de licenças profissionais e a participação em cursos de educação contínua que melhorarão a prática de enfermagem.

Pratique a boa saúde

Os profissionais da enfermagem servem como exemplos para os seus pacientes. O código de ética da enfermagem encoraja os profissionais a criar bons hábitos de saúde para os pacientes que cuidam diariamente. Bons hábitos de saúde incluem relaxamento e tempo de lazer, exercício, exames de saúde regulares, refeições nutritivas e sono adequado. Hábitos de higiene e limpeza acentuados são absolutamente necessários para promover estilos de vida saudáveis ​​em um centro médico.

Anúncios

Categorias:Conceitos

Marcado como:,

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.