dicas

Previna a Superbactéria: Use Racionalmente os Antibióticos!

A resistência das bactérias aos antibióticos tem aumentado muito nos últimos anos. Ela pode surgir nas bactérias devido à alterações genéticas, mas quando se toma o antibiótico, as que possuem resistência podem sobreviver enquanto as que são sensíveis morrem, gerando uma seleção das bactérias resistentes. Por isso é muito importante evitar o uso desnecessário de antibióticos e quando necessário, fazer o tratamento corretamente.

O tratamento correto do antibiótico envolve a escolha adequada do fármaco, a dose, o intervalo (horários) e número de doses (duração em dias do tratamento). O fármaco e a dose são determinados pelo médico, mas o paciente que é o responsável pelo horário e por realizar o tratamento completo. A ação dos antibióticos depende de sua quantidade (concentração) no sangue. O atraso de uma dose diminui a concentração no sangue dando a oportunidade das bactérias se multiplicarem neste tempo.

Além disto, muitas pessoas têm o costume de interromper o tratamento com a melhora dos sintomas, mas no caso de antibióticos a interrupção pode prejudicar a morte de todas as bactérias, e as que ficaram vivas podem voltar a crescer. É importante lembrar também que alguns antibióticos fazem interação com o leite, reduzindo seu efeito, devendo então ser tomado com água, de acordo com a bula.

Os problemas de uma infecção por bactéria resistente são a dificuldade no tratamento, tempo de infecção prolongado, maior risco de complicações, óbitos, entre outros. Uma resolução do Ministério da Saúde publicada em 2010 determinou que os antibióticos no Brasil só devem ser vendidos através de receita médica de controle especial, auxiliando na diminuição do uso indiscriminado. O próximo passo é uma conscientização do uso correto: nos horários certos e o tratamento completo.

Anúncios

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.