Conceitos

Quais são os Princípios dos Primeiros Socorros?

Os primeiros socorros referem-se ao atendimento temporário e imediato de uma pessoa que está ferida ou que adoece repentinamente. Também podem envolver o atendimento em casa quando não se pode ter acesso a uma equipe de resgate ou enquanto o serviço de emergência médica não chega. Os primeiros socorros incluem o reconhecimento das condições que põem a vida em risco e tomar as atitudes necessárias para manter a vítima viva e na melhor condição possível até que se obtenha atendimento médico.

Os primeiros socorros não substituem o médico ou o serviço médico de urgência.A verdade, um dos principais fundamentos dos primeiros socorros é a obtenção de assistência médica em todos os casos de lesão grave.

Os principais objetivos dos primeiros socorros são:

1. Reconhecer situações que ponham a vida em risco.
2. Aplicar respiração e circulação artificiais quando necessário.
3. Controlar sangramento.
4. Tratar de outras condições que ponham a vida em risco.
5. Minimizar o risco de outras lesões e complicações.
6. Evitar infecções.
7. Deixar a vítima o mais confortável possível.
8. Providenciar assistência médica e transporte.

Primeiros socorros: atendimento temporário e imediato prestado a uma pessoa ferida ou que adoece repentinamente. Não substitui o atendimento médico de urgência.

Denominamos socorrista a pessoa que está habilitada à prática dos primeiros socorros, utilizando-se dos conhecimentos básicos e treinamentos técnicos que o capacitaram para esse desempenho.

As características básicas de um socorrista são:
⦁ Ter espírito de liderança;
⦁ Ter bom senso, compreensão, tolerância e paciência;
⦁ Ser um líder, na concepção da palavra;
⦁ Saber planejar e executar suas ações;
⦁ Saber promover e improvisar com segurança;
⦁ Ter iniciativa e atitudes firmes;
⦁ Ter, acima de tudo, o espírito de solidariedade humana.

O socorrista deve, portanto, priorizar o atendimento, tendo sempre em mente as situações mais críticas que exigem um pronto-atendimento:

⦁ Aproximar-se do local ou da vítima;
⦁ Avaliar as condições do ambiente (observando o local do acidente à medida
que se aproxima);
⦁ Tomar providências de socorrer a vítima conforme o caso;
⦁ Afastar os curiosos;
⦁ Tomar medidas para evitar novos acidentes;
⦁ Avisar ao serviço público de auxílio. Acione o serviço médico de urgência
(SAMU 192, no caso de cidades com mais de 100.000 habitantes) o mais
rápido possível.
⦁ Conseguir acesso até a(s) vítima(s) e verifique se há qualquer perigo imediato de vida;
⦁ Avaliar cuidadosamente a situação de cada vítima;
⦁ Fornecer suporte básico à vida das pessoas que estiverem em risco; sempre priorizando o atendimento às vítimas mais graves;
⦁ Prestar auxílios, posteriores, segundo a gravidade;
⦁ Organizar a remoção da vítima, atendendo a cada situação especificamente.

Estar envolvido em uma situação de lesão ou acidente exige raciocínio rápido e ação imediata. Assim, devem-se adotar medidas para a proteção do socorrista e das vitimas.

Anúncios

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.